Dor de cabeça: verdades e mentiras

 

Existem muitos mitos e confusões sobre a dor de cabeça. O dr. Roberto Vlainich, consultor da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, médico da Unidade de Terapia da Dor da Beneficência Portuguesa e Preceptor de Alunos da Universidade Federal de São Paulo, explica o que provoca, ou não, dor de cabeça:

 

Álcool provoca dor de cabeça? Sim. Porém, outras substâncias que compõem as bebidas alcoólicas, como aldeído e tiramina, também podem provocar dor de cabeça.

Dor de dente? Não. Porém disfunção de ATM – Articulação Temporomandibular, como oclusão dentária, mudança na mordida e bruxismo, provoca tensão muscular que leva à dor de cabeça.

Chocolate? Sim. Porém, a responsável não é a gordura. As culpadas são as proteínas.

Problemas de visão? De certa forma, sim. Quando uma pessoa tem dificuldades para enxergar, força os músculos dos olhos, o que provoca dor de cabeça.

Gripe? Sim. A gripe é uma doença sistêmica, que pode provocar uma infecção na região frontal da cabeça, a sinusite, e a dor de cabeça pode fazer parte do quadro.

Café e chá? Não. Pelo contrário, a cafeína e a xantina podem amenizar a dor.

Falta de sono? Sim. A privação do sono compromete o rendimento, leva à falta de concentração e à dor de cabeça.

Problemas no fígado? Não. Porém, má digestão provoca, o que pode causar confusão.

Problemas emocionais? Sim. Perder o emprego, ou bater o carro desencadeia reações físicas que podem causar dor de cabeça. Mas, o normal é que a dor seja resultado da associação de problemas físicos com emocionais.

Barulho? Não. O comum é que piore com o barulho, mas dificilmente a desencadeia.

Problemas neurológicos? Com certeza, sim. É uma dor intensa, que não passa com analgésicos e que leva o paciente ao médico com rapidez.

 

O dr. Roberto Vlainich tira mais algumas dúvidas:

O cérebro dói? Não. O que normalmente dói são os músculos e os vasos sangüíneos.

Pode-se tomar qualquer analgésico? Não. Os analgésicos antiinflamatórios só devem ser tomados com prescrição médica porque são perigosos.

Existe algum medicamento que se pode tomar sem orientação médica? Sim. Medicamentos à base de paracetamol e dipirona têm pouco antiinflamatório e podem amenizar a dor, até chegar ao médico. Cuidado: a dipirona pode provocar alergia.

Tudo bem passar o dia inteiro com dor de cabeça? Não. Depois de tomar remédio, a dor deve passar em, no máximo, seis horas. Se persistir, procure um médico.

Tudo bem ter dor de cabeça com freqüência? Não. Se a pessoa tiver dor, pelo menos, uma vez por semana, deve procurar um médico.