Que nome você dá para suas emoções?

letrasÉ triste isso, mas as pessoas não têm para quem falar de si mesmas. Algumas pagam para serem ouvidas. Outras falam sem ser escutadas. Outras ainda tentam falar, mas encontram um vazio, um vácuo onde o som de seu íntimo não se propaga e não alcança o outro. Outras se fecham no porão de si mesmas e lá se esquecem.

O que diria a palavra não pronunciada? O que acontece com a palavra não dita? A palavra é uma emoção, um sentimento dentro de um formato gráfico, dentro de um caractere, ou melhor, de vários caracteres combinados.

Mas, que emoções são essas e como elas são traduzidas por você?

Quantas palavras você tem para descrever suas emoções, seus sentimentos?
• De que tamanho é o seu dicionário emocional?
• Você está triste ou alegre?
• Desanimado?

Às vezes me sinto nublada. Outras vezes me sinto colorida e arejada. Triste ou alegre nem sempre me traduzem…

Como você descreveria seu estado interno neste momento?

Perceba se seu vocabulário emocional está amplo, variado, rico. Não somos seres binários e nem possuímos duas cores como o branco e o preto. Nossa palheta de cores é infinita e somos nós que insistimos em usar poucas cores!

Somente pensar sobre isso não basta. Sugiro que liste, que escreva em algum lugar as expressões e palavras que você utiliza para descrever seu estado emocional. Pense em algum acontecimento do seu dia, nas emoções que sentiu e as traduza em palavras.
Você vai se surpreender com essa atividade simples, mas reveladora. Ela mostrará algumas coisas sobre você que talvez nunca percebeu!

Vamos lá então!
Só para exercitar: Que emoção este texto causou em você? Provocou algum questionamento?

Confesso que me senti mais amarela por dentro. Estranho? Engraçado talvez, mas foi a expressão que se aproxima de minha emoção.

Use o espaço de comentários para deixar suas impressões e exercite sua criatividade.

crédito imagem: Pixabay

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta